O espaço de divulgação da Comissão de Reeducação Ideológica e Propaganda d'O Partido

segunda-feira, agosto 21, 2006

RIS "70 x queque"


"Pura Buro"



Ja existem exemplos legais claros de como a burocracia e utilizada como meio de obrigar os individuos a pensar e reflectir naquilo que fazem ou vao fazer. E uma burocracia criada no intuito de dificultar o acesso a determinado bem ou a um estatuto. Deste modo, quem o decida levar avante, nao so tera a devida publicidade de como o vai realizar, mas tambem sera obrigado a contemplar a sua posicao e o significado que tem o preenchimento de um carrinho de compras de papeis, em relacao aquilo que deseja alcancar com isso. Nos dias que correm, podem ate existir pessoas que julgam que os tribunais sao lentos, porque a burocracia e demasiada e deviam era 'por esse bando de criminosos atras das grades'. Desenganem-se. A burocracia nao pergunta ao reu: 'olha la, nao queres fazer aqui uns quantos rabiscos e vir passar umas feriazitas descansado, com pensao completa, e claro, la para os lados de alcacuz?'. Nada disso. Esta nao e a verdadeira burocracia.

Ponto.

Ha sim situacoes em que a burocracia pode intervir. Para aqueles que se querem iniciar na vida criminosa mas ainda nao desenvolveram todas as suas apetencias para tal, ou falta-lhes um pouco de experiencia, poderia-se , por exemplo, adoptar um distico brilhante a ser utilizado na testa do de cujos, o qual seria facilmente reconhecido pela policia. A vantagem nisto seria que, os agentes policiais, perante o avistar do dito distico, dariam um desconto (ainda maior do que dao aos restantes...) de inexperiencia e aprendizagem, apenas correndo atras destes a meia-velocidade cruzeiro e nunca a todo-o-gas (2km/h). Claro que este distico, seria precedido pelo preenchimento de uma passadeira de formularios requisitorios, que dariam tempo ao pretendente a vantagens velocisticas de perseguicao, de reflectir sobre o seu possivel futuro criminoso.

A burocracia poderia ser tambem instrumentalmente adjuvante (sobretudo nestas epocas de ferias) para a diminuicao de condutores sob o efeito de alcool. Poder-se-ia desenvolver uma estrutura de substituicao de todos os veiculos motorizados por 'lowriders' com estruturas hidraulicas (aqueles automoveis desengoncados cujo o movimento mais parece o de uma ra com solucos). Simultaneamente, criar-se-ia a obrigacao de apresentar a certidao de nascimento e o boletim de vacinas (bem como o boletim medico onde esteja expressa a inexistencia de qualquer alergia ao alcool, cevada e afins) no acto de compra de cada unidade individual de alcool (ou seja, seriam necessarias seis apresentacoes formais dos referidos documentos por cada 'six-pack'), acabando-se tambem com a existencia de garrafas ou latas de qualquer genero de bebida alcoolica com mais de 33cl. Estas duas inicitivas, em conjuncao, iriam implicar drasticamente, ou mesmo obliterar, o numero de acidentes na estrada.

Aqueles que julgam que a burocracia so complica aprendam, pois aquilo que alguns chamam de complicacao e a pureza burocratica a orientar o nosso caminho. Pois ate os iluminados ja sabem que o Nirvana e burocratico.

A burocracia tem de prevalecer!

2 Comments:

Blogger Camarada Pequenito Balariu said...

Belo texto Camarada!!!!

2:01 AM, agosto 22, 2006

 
Blogger Camarada Epitaph said...

Agradeco com humildade, esperando que a inspiracao burocratica continue.

2:37 PM, agosto 22, 2006

 

Postar um comentário

<< Home